Nos dias atuais, a automação da gestão empresarial é uma realidade. Mas, para que todos os processos possam ser implementados sem falhas, a atuação eficiente do suporte de TI é fundamental.

Aprenda, no artigo de hoje, a identificar os sinais de que o seu suporte de TI não está trabalhando da forma adequada e descubra como a contratação de fornecedores especializados pode resolver esse problema. Confira!

A importância do suporte de TI para a gestão empresarial

Cada vez mais, a evolução tecnológica colocada a serviço da gestão empresarial contribui para otimização dos processos gerenciais e operacionais, reduzindo custos e promovendo o aumento da produtividade.

Entretanto, para que a automação possa, de fato, promover os melhores resultados na gestão empresarial, é fundamental que as empresas tenham um suporte de TI bem estruturado, capaz de solucionar os problemas com rapidez.

Mais que lidar com falhas eventuais no funcionamento dos softwares e demais dispositivos, o suporte de TI precisa ser capaz de agir preventivamente, adequando as práticas de acordo com padrões elevados de excelência.

Dessa forma, uma área de TI bem estruturada oferece segurança para que os gestores e demais colaboradores possam realizar suas tarefas com melhor aproveitamento de tempo e recursos.

Um bom exemplo da parceria automação e gestão é o emprego da tecnologia para favorecer a execução das tarefas no setor público, mais especificamente na área judiciária.

Como as inovações em TI facilitam o trabalho no setor público

O funcionamento adequado dos softwares e equipamentos implementados na gestão do setor público é fundamental para manter o ritmo de trabalho e garantir a qualidade dos serviços prestados.

Ao contar com um suporte de TI eficiente, o gestor público pode dedicar mais tempo ao acompanhamento das tarefas diárias e ao desempenho dos servidores, promovendo a agilidade e a transparência em todos os processos.

Para a esfera judiciária, esses fatores são essenciais, pois reforçam a credibilidade junto à sociedade, entre outros benefícios promovidos pela automação no setor público.

Descubra, agora, como avaliar o trabalho do suporte de TI observando 6 sinais de falhas ou equívocos durante a execução dos serviços.

1. Inexistência de uma rotina de backups

A frequência no backup de dados é muito importante para a sistematização e o registro de todos os processos realizados pela empresa.

Sem a realização regular desse procedimento, a continuidade do trabalho pode ser seriamente prejudicada, entre outros motivos, devido a problemas que causem a perda de informações, tais como falta de energia ou ataques de vírus.

A não ser que a própria empresa defina outra periodicidade, o ideal é que o backup seja realizado diariamente.

2. Uso de programas desatualizados

Para que o ambiente digital da empresa possa funcionar adequadamente, os softwares precisam estar atualizados, contando sempre com a última versão disponibilizada pelo fabricante.

Lentidão na inicialização do sistema ou na abertura de programas específicos e mau funcionamento dos computadores são alguns dos sinais de que o suporte de TI está falhando na atualização dos softwares.

3. Falhas constantes na segurança

Impedir o ataque de vírus e outros programas que ameaçam a segurança de dados e os processos gerenciais e operacionais precisa ser uma prioridade para a área de TI.

Falhas constantes na segurança colocam em risco todo o ambiente digital da empresa, permitindo que computadores, tablets e celulares sejam atingidos e, assim, compromete o trabalho como um todo.

O suporte de TI precisa estar atento à origem dos ataques para então manter o programa antivírus sempre atualizado.

4. Ausência de manutenções preventivas

Quando os dispositivos e equipamentos não recebem manutenções preventivas, o desempenho das máquinas fica prejudicado, colocando em risco todas as rotinas executadas pelos gestores e demais colaboradores.

Ainda mais quando se trata de computadores mais antigos, é essencial realizar a limpeza tanto do hardware (estrutura da máquina) quanto do software (programas instalados), realizando a formatação sempre que for necessário.

5. Instalação de programas dispensáveis

Quando a atuação do suporte de TI é falha, é comum haver vários programas prescindíveis instalados nos computadores, ocupando um espaço que poderia ser utilizado por funcionalidades realmente necessárias.

Além disso, o excesso de programas não utilizados prejudica o desempenho das máquinas, causando lentidão e erros de funcionamento.

Por isso, programas que não são utilizados frequentemente devem ser desinstalados e essa avaliação é uma obrigação do suporte de TI.

6. Demora para resolver os problemas

O último sinal de que o seu suporte de TI é falho destacado em nosso artigo constitui uma das principais reclamações das empresas, tanto no setor público quanto no setor privado.

Uma vez que a solução de um problema tenha sido solicitada, o suporte de TI precisa demonstrar agilidade e eficiência.

Quando isso não acontece, os gestores precisam pensar em alternativas para preservar a execução de todos os processos gerenciais e operacionais.

Uma das possibilidades pode ser a contratação de fornecedores especializados, conforme você verá a seguir.

A terceirização pode eliminar as falhas no suporte de TI

Contar com o trabalho de uma equipe qualificada pode ser a solução definitiva para garantir o funcionamento adequado do suporte de TI e, consequentemente, a simplificação das tarefas e a otimização dos resultados.

Nesse sentido, a terceirização constitui uma estratégia interessante, pois permite a economia de recursos ao possibilitar a contratação de profissionais especializados de maneira indireta.

Porém, é preciso que as empresas considerem certos fatores ao buscar a parceria de fornecedores para ter mais sucesso no emprego da tecnologia à serviço da gestão empresarial.

Critérios necessários ao terceirizar o suporte de TI

Existem vários fornecedores disponíveis no mercado. Por isso, é importante buscar parceiros que possam oferecer analistas de TI com alto conhecimento técnico e extremamente capacitados.

Além disso, é importante que os fornecedores contratados sejam capazes de analisar todos os processos gerenciais e operacionais da empresa e identificar quais são os gargalos na execução dos procedimentos de TI, criando, assim, uma rotina preventiva e antecipando-se na resolução de problemas.

Você tem alguma dúvida sobre como avaliar o trabalho do suporte de TI ou quer mais informações sobre a terceirização desse serviço? Deixe seus comentários abaixo!