Em qualquer segmento de negócio, a Tecnologia da Informação vem assumindo um papel cada vez mais estratégico. Com o crescimento da área tecnológica, a necessidade de eficácia e agilidade nos processos faz com que a alta performance em TI seja uma busca constante das organizações.

E isso vale para qualquer ramo. Desde as microempresas, passando pelas grandes corporações e chegando aos órgãos do setor público. Neste último caso, a necessidade de se prestar um atendimento cada vez melhor ao cidadão obriga os órgãos a buscarem as melhores soluções para agilizar seus processos internos.

Por isso, se você é responsável por uma equipe de TI, precisa estar atento às necessidades do time e em contato constante com as mais modernas práticas de gestão do mercado. Veja, abaixo, as 10 melhores práticas para criar uma equipe de alta performance em TI:

1. Estipule metas desafiadoras

Se você quer extrair o melhor da sua equipe, é bom ir pensando em metas que desafiem a capacidade de cada colaborador. Objetivos e metas são mais do que nortes para o trabalho: tratam-se de itens fundamentais para manter a motivação da equipe sempre nos níveis mais altos.

A definição de metas deve levar em consideração o tamanho do desafio proposto. Elas devem ser desafiadoras, mas factíveis. Isso quer dizer que você deve estipular números que sejam alcançáveis com muito trabalho e estratégia, mas que não sejam fáceis demais.

O ideal é estabelecer metas gerais para a sua área e só depois quebrá-las em objetivos individuais para cada colaborador.

2. Insira os colaboradores no planejamento estratégico da organização

Toda empresa, principalmente as que contam com um grande número de funcionários, costuma ter um planejamento estratégico feito com base em sua missão, visão e proposta de valor. Este planejamento é muito importante, pois define os rumos que a organização seguirá até atingir seus objetivos estratégicos.

Mas ele não deve ser uma peça exclusiva dos maiores escalões. A inserção dos funcionários no universo do planejamento é fundamental para orientar o trabalho de todos e fazer com o que os objetivos sejam alcançados da forma como foram pensados.

3. Reconheça os talentos e boas práticas

Os bons trabalhos devem ser reconhecidos constantemente. Mesmo que a organização não tenha um plano de carreira bem definido, o que é comum em órgãos públicos, é importante criar um momento para dar visibilidade àqueles colaboradores que vêm se destacando.

Além de reconhecer, você ainda cria motivação tanto no próprio funcionário, quanto nos colegas, que passarão a buscar o mesmo destaque.

4. Invista em comunicação interna

Profissionais de TI passam muito tempo diante dos computadores, desenvolvendo softwares e lendo linhas-código complicadas. Por isso, nem sempre as ferramentas de comunicação corporativa são capazes de atingi-los.

A comunicação não é somente um papel da área responsável, mas também é função dos gestores. Você deve se empenhar para manter sua equipe informada sobre tudo o que se passa na organização. Para isso, abuse de ferramentas como e-mail, chats, aplicativos de conversa pelo celular e reuniões semanais com o time.

5. Elabore um bom programa de treinamentos

A Tecnologia da Informação é uma das áreas mais impactadas por novidades. Por isso, é importante que os colaboradores estejam sempre atualizados com as melhores práticas do mercado.

Em parceria com o RH, você pode estabelecer um cronograma de treinamentos, que misture cursos técnicos com temas motivacionais. Abra também um canal para que os próprios colaboradores possam sugerir pautas para os treinamentos.

6. Ofereça feedbacks constantes

Muitos gestores acreditam que os feedbacks devem ser dados somente em momentos de grande destaque, tanto negativos quanto positivos. Mas isso não é verdade. O colaborador precisa ter um direcionamento constante a respeito do seu trabalho, para saber se seu desempenho está de acordo com o esperado e em quais aspectos ele pode aprimorar sua atuação.

7. Estimule o trabalho em equipe

Há algum tempo, o conceito de formação de times de trabalho vem sendo utilizado pelas empresas, sobretudo nas áreas de Tecnologia da Informação. Trata-se de uma adaptação da estrutura organizacional projetizada, que já é adotada por algumas organizações.

A ideia é formar equipes para a realização de projetos específicos. Além de criar um ambiente de grande colaboração, você consegue formar um time multidisciplinar, o que enriquece as tarefas e melhora o entrosamento da equipe.

8. Revise processos internos

A revisão de processos deve ser feita constantemente, não apenas para tornar o trabalho mais ágil, como para redirecionar os colaboradores para o desenvolvimento de projetos. A tendência maior é a terceirização de tarefas rotineiras, liberando a equipe para contribuir com os objetivos estratégicos da organização.

9. Mantenha uma infraestrutura moderna e atual

Uma equipe que busca a alta performance em TI não pode trabalhar com aplicativos e sistemas antiquados, não é mesmo? Como gestor, você deve estar atento às principais tendências do mercado para buscar as melhores soluções para a sua área.

Se estiver faltando tempo para se manter sempre em consonância com o mercado, deixe em aberto para que a equipe traga sugestões e avalie todas elas com atenção.

10. Estimule a participação

As lideranças atuais devem buscar, cada vez mais, o diálogo como forma de conduzir o trabalho no dia a dia. Essa é uma receita que vem se tornando tendência por trazer melhores resultados e, ainda, contribuir para a motivação do time.

Embora ainda não sejam todos os gestores que se sintam à vontade para estimular, é nítido que o debate é a melhor forma de se trabalhar na condução de projetos. E, para isso, é preciso que os colaboradores se sintam em harmonia para discordar, trazer novas ideias e oferecer diferentes pontos de vista.

O autoritarismo empobrece a experiência corporativa e faz com que a empresa não evolua, já que todos os trabalhos acabam sendo conduzidos de acordo com apenas um ponto de vista.

Se você seguir essas dicas, certamente conseguirá formar uma equipe de alta performance em TI, contribuindo para os objetivos estratégicos da organização por meio do trabalho focado e bem realizado. Se tiver gostado deste conteúdo, ou tiver alguma outra sugestão para enriquecê-lo, participe do debate, deixando seu comentário abaixo!