Você com certeza já ouviu falar de Internet das Coisas, mas sabe como exatamente ela vai transformar o seu negócio no futuro? Como tirar desses novos dispositivos inteligentes os dados necessários para uma vantagem competitiva?

A resposta para esses questionamentos está na Database of Things, um conceito novo que promete integrar soluções inteligentes para dar mais assertividade e eficiência às empresas.

Quer saber mais sobre o assunto? Então acompanhe o post e entenda a importância de se preparar para esse futuro e veja exemplos práticos de como você pode sair na frente:

A iminente explosão da Internet das Coisas

Se você ainda não ouviu falar muito sobre a IoT, ou Internet das Coisas, precisa começar o quanto antes. A IoT terá papel importante no futuro das empresas e pesquisar sobre ela é se preparar para essa nova revolução no mundo corporativo.

O termo se refere a dispositivos inteligentes e autônomos que possuem conexão com a internet e, por isso, podem ser integrados em sistemas de gestão para monitoramento de produtividade, acompanhamento de resultados e até realizar funções automatizadas que substituem alguns dos trabalhos manuais realizados por seres humanos.

Essa nova tecnologia já está transformando alguns setores em que ele entrega um benefício imediato até em suas interações mais simples: indústria e setor hospitalar são exemplos disso.

Mas, à medida que esses dispositivos se tornam mais sofisticados, não há nenhum negócio que não possa ser incrementado com a utilização de IoT. Empresários, diretores e gerentes de todo o mundo estão percebendo isso e buscando soluções no mercado que atendam às suas novas estratégias tecnológicas.

No entanto, a explosão da Internet das Coisas traz consigo outro desafio: como transformar dados em ação. É inevitável que a IoT aumente exponencialmente a coleta de informações por uma empresa, principalmente em sua operação. Isso torna a Big Data um conceito cada vez mais importante para a gestão empresarial.

Por isso, um novo conceito de coleta de dados significa um novo conceito para seu armazenamento e sua utilização. É aí que a Database of Things entra.

A Database of Things como facilitadora dessa tecnologia

Banco de Dados das Coisas, ou DoT em inglês, é um termo que explica bem ao que ele se propõe. É a estrutura montada dentro da TI de uma empresa (própria ou terceirizada) para receber esse fluxo de dados gerado por dispositivos inteligentes automatizados e organizá-los de forma a ter sua utilização simplificada dentro de processos corporativos.

Conceitos como in-memory database e a cloud computing são as soluções mais utilizadas para suportar esse tipo de volume de dados impensável há uma década e disponibilizá-los para uso no dia a dia de uma empresa.

A ideia da DoT é gerenciar volumes de informações em tempo real e de maneira escalável para abraçar todos os dispositivos presentes em uma operação.

Além disso, é preciso integração em sistemas de gestão para a segmentação e comparação de dados, fornecendo indicadores importantes sobre ajustes necessários para ter ainda mais eficiência produtiva.

Ou seja, a Database of Things é a convergência da coleta de dados em múltiplos pontos de IoT para criar uma visão completa de negócio. É um modelo de estruturação de dados e de armazenamento para impulsionar o uso de Big Data na sua empresa.

Os exemplos práticos de como IoT e DoT podem se conectar

IoT e DoT são conceitos bem impressionantes quando falamos deles em questões mais técnicas e no que prometem para o futuro, mas como impactarão de verdade em negócios dos mais variados tipos? Podemos listar alguns exemplos:

Suporte à operação e produção

Este é um exemplo que está cada vez mais comum na indústria, mas que também promete auxiliar a operação em empresas de todos os setores.

Os dispositivos inteligentes conectados à internet possuem sensores com capacidades de monitoramento cada vez mais sofisticadas, que podem ser introduzidos em linhas de produção ou até incluídos no dia a dia dos colaboradores como wearables.

A ideia é que a IoT funcione como olhos automatizados em todos os pontos da produção. Todo esse volume gerado precisa receber um tratamento adequado (proporcionado pela Database of Things) para retornar aos gestores uma visão ampla de como está a produtividade da empresa e quais ajustes são necessários para incrementá-la.

Prototipagem e simulações

Outra oportunidade da Internet das Coisas é utilizar dispositivos específicos para entender e reproduzir os efeitos de uma nova estratégia antes de colocá-la em prática.

É uma solução abrangente da tecnologia, que vai desde o uso de realidade virtual para manipulação de produtos até o uso da Big Data construída como origem de modelos simulados de mercado.

Rastreamento e acompanhamento de ativos

O uso de dispositivos IoT para rastrear produtos é uma realidade na logística. Mas que tal extrapolar a tecnologia para o futuro e imaginar esses aparelhos sendo utilizados para acompanhar qualquer tipo de ativo da empresa? Documentos, registros, pessoas, tarefas, a IoT pode ter um olho em cada etapa da produção.

E é aí que entra a DoT: imagine ter que lidar com um volume tão grande de dados, gerados sem interrupção, que podem ser relevantes para o seu negócio.

O futuro de um negócio que implementa tecnologia

Acompanhamento, previsibilidade, inteligência: essa deve ser a busca de empresários e diretores desde já. Quem investe em tecnologia investe em visão corporativa, visão de mercado.

A única forma de ter essa vantagem é gerando cada vez mais informações sobre sua operação e a única maneira de usar isso a seu favor é tendo uma infraestrutura tecnológica que organize, suporte e segmente a Big Data para uso prático dentro do escritório.

Portanto, se você já busca informações sobre como implementar a Internet of Things, não pode esquecer da Database of Things. Convergindo os dois conceitos em um sistema de gestão eficiente e uma TI otimizada, a sua empresa começa a corrida em direção ao futuro quilômetros à frente da concorrência.

E aí, o artigo foi interessante para você? Se você quer receber mais como esses e se atualizar no uso de tecnologia voltada para os negócios, assine a nossa newsletter!