Em uma situação de emergência, quando precisamos de socorro médico, um dos maiores pesadelos de pacientes é se deparar com hospitais lotados e atendimento desorganizado. Qualquer um, nesse momento de fragilidade, se sentiria inseguro e profundamente insatisfeito com os serviços da instituição.

O sistema Lean foi aplicado pela primeira vez na indústria automobilística, adotado pela Toyota, que buscava uma linha de montagem mais organizada e eficiente, otimizando os processos.

Entretanto, o sistema não parou por aí. Ganhou adaptações e passou a ser empregado em outros setores, inclusive no hospitalar.

Baseado no número de clínicas e hospitais que aderem cada vez mais a essa sistema, podemos perceber que metodologia Lean traz boas contribuições e melhorias expressivas para o fluxo de trabalho e atendimento de pacientes.

Para saber mais sobre como esse método funciona e o que ele pode fazer pela sua instituição, continue lendo nosso artigo!

Conheça a metodologia Lean

A metodologia Lean tem como conceito central a padronização e organização de processos, a fim de acabar com o desperdício de tempos. No caso dos hospitais, o intuito é reduzir ao máximo o tempo de espera do paciente e instaurar uma rotina de atendimentos uniformizada, na qual a equipe trabalha em sincronia.

Assim como na indústria, em que cada funcionário atua em uma estação de trabalho e deve cumprir suas tarefas em um tempo determinado, hospitais buscam por uma forma mais sistemática de atender pacientes para sanar o problema do tempo perdido e da superlotação nas salas de espera.

Um exemplo disso é a adoção de um sistema de triagem. Quando o paciente chega ao pronto socorro, é atendido primeiramente por médicos que fazem uma análise preliminar do caso e, depois, conforme a necessidade, já o encaminha para exames antes de ver um especialista.

Medidas como essas aumentam o fluxo de pacientes e diminuem o número de pessoas ociosas esperando pelo mesmo tipo de atendimento. Desta forma, os pacientes sentem que estão o tempo todo sendo atendidos e não perdendo tempo sentados na sala de espera.

A adoção do sistema Lean estimulou a administração de hospitais a perceber que existiam várias etapas que poderiam ser eliminadas ou simplificadas, por exemplo, o paciente ter que preencher vários formulários até chegar ao atendimento.

Ao todo, todas as novas práticas incorporadas com base nessa metodologia resultam em uma grande economia de tempo e custos para a instituição, além de promover mais qualidade no atendimento de pacientes.

Veja como seu hospital pode se beneficiar com a metodologia Lean

1. Reduz os custos

Desperdício de tempo resulta em mais custos para o hospital. Quando processos são revisados e se tornam mais enxutos e eficientes, a equipe trabalha de forma mais produtiva e, assim, pode não existir mais a necessidade de fazer horas extras, por exemplo.

2. Combate o retrabalho

O excesso de pessoas esperando impacientemente e a existência de procedimentos burocráticos e repetitivos em um ambiente hospitalar com atendimento caótico podem acarretar em erros e desentendimentos, que geram o retrabalho.

O retrabalho é uma grande ameaça para a produtividade de uma equipe e quase sempre resulta em grandes desperdícios. O sistema Lean permite que atividades sejam automatizadas e sejam realizadas de uma forma mais prática e em um curto espaço de tempo. Assim, os funcionários podem se concentrar em tarefas estratégias e mais relevantes.

3. Padroniza os procedimentos

O emprego de um fluxo sistemático de trabalho, em que todos seguem um padrão de atendimento, permite que processos sejam feitos de forma mais rápida, prática e, principalmente, organizada, sem perder o foco na qualidade.

4. Administra o estoque

A gestão da compra e uso de medicamentos, recursos, insumos e materiais hospitalares, quando não é feita com eficácia, é uma grande fonte de desperdícios e custos para o hospital.

A metodologia Lean prevê a adoção de sistemas capazes de mapear e controlar o estoque, de forma que não faltem insumos, mas que eles também sejam aproveitados ao máximo.

5. Promove desenvolvimento profissional

O pensamento da metodologia Lean tem o foco na produtividade e qualidade dos processos. Assim, profissionais têm um grande espaço para amadurecer seus conhecimentos e técnicas, uma vez que são responsáveis por cumprir determinadas tarefas, e podem se destacar e ganhar muita experiência com isso.

O sistema Lean acaba estimulando que a equipe assuma uma postura pró-ativa e contribua para a melhoria de todo o processo de atendimento.

6. Agiliza a solução de problemas

Uma vez que todo o sistema é sistematizado, se algo acontece de errado, é mais simples identificar a raiz do problema e buscar formas de resolvê-lo.

Com o sistema Lean, é possível detectar falhas nos processos ao mesmo tempo em que se pode perceber lacunas ou defasagens na capacidade da equipe médica. Identificada a questão, o gesto do hospital pode investir em treinamento ou buscar soluções que aprimorem o atendimento de seus pacientes.  

7. Estimula a inovação e sistemas integrados

O conceito do método Lean está totalmente alinhado ao uso da tecnologia e sistemas de gestão integrada que automatize processos e melhore a performance da instituição. Inovações tecnológicas permitem a redução de trabalhos manuais e simplificação de atividades complexas e demoradas. Os benefícios são inúmeros.

Além do ganho de tempo e redução de despesas, sistemas integrados melhoram a comunicação da equipe, agilizam a troca de informações dos pacientes, desburocratizam processos, permitem uma consulta rápida e o armazenamento de dados com eficiência e muito mais segurança.

Todas as informações ficam centralizadas e guardadas em um só sistema. O risco de perda de documentos e dados importantes é, consequentemente, muito menor, uma vez que é possível fazer backup das informações.

A metodologia Lean já é um grande sucesso em diversos empreendimentos, e tem mostrado ser de grande valia para o setor hospitalar, trazendo mais eficiência no atendimento. Além disso, ela possibilita que hospitais adotem um sistema padronizado e sustentável de trabalho, garantindo melhor experiência para os pacientes.

Gostou do nosso artigo? Quer saber mais sobre como a tecnologia e a informatização de processos pode trazer benefícios para o seu hospital? Então continue conosco e não deixe de ler as 7 razões fundamentais para informatizar os processos hospitalares.