A inteligência clínica diz respeito a toda a estrutura de tecnologia empregada pela área de saúde, especificamente na parte clínica. O uso de softwares e sistemas inteligentes, bem como de outros recursos, entram nessa abordagem, de sorte a criar locais com processos diferenciados e dinâmicos.

Como a tecnologia está cada vez mais integrada à sociedade, é natural que o segmento de saúde também aproveite amplamente seus benefícios. Ao mesmo tempo, essa integração ainda é relativamente recente, então é fundamental conhecer seus benefícios.

Você conhece e aproveita o potencial da inteligência clínica? Entenda como essa tecnologia pode impactar positivamente toda a atuação clínica.

Agiliza processos clínicos e operacionais

Uma das principais vantagens da inteligência clínica é que ela promove uma aceleração quanto aos processos existentes na instituição. Isso acontece, primeiramente, porque ela oferece uma automação de tarefas importantes, de modo a diminuir o tempo para que sejam executadas.

A marcação de consultas, por exemplo, pode acontecer de forma eletrônica, melhorando a organização das agendas dos profissionais disponíveis. Ações para confirmação de consultas ajudam a manter os horários devidamente preenchidos, melhorando a produtividade do local.

O que também acontece é a maior integração e centralização de dados. Os profissionais possuem mais visibilidade sobre todo o processo, de modo que a gestão seja mais compreensiva a respeito de pontos diversos.

Somando isso à facilidade de gerar relatórios de análise e de acompanhar indicadores, o local economiza tempo. Assim, o foco pode se manter em ações mais importantes, como o atendimento ao público.

Para completar, há uma melhoria na gestão de documentos, já que muitas dessas informações assumem caráter digital. Sendo assim, há mais organização e menos tempo perdido na hora de encontrar elementos, por exemplo.

Favorece a atração de talentos

Profissionais de saúde de alta qualidade e capacitação buscam espaços onde possam exercer seu máximo potencial, de modo a ajudar os pacientes da melhor maneira possível. Com isso, um local com maior estrutura recebe uma visão mais positiva de quem atua na área.

Com a inteligência clínica, o local se posiciona como uma opção relevante para aqueles que desejam estar em um ambiente amplamente capacitado. A questão do dinamismo e da efetividade favorecem a atração dos melhores talentos disponíveis.

Isso faz com que uma clínica tenha que investir menos tempo e dinheiro para atrair os profissionais certos para preencher vagas específicas. Além de tudo, a satisfação com o ambiente tende a ser maior, o que contribui para que os colaboradores se engajem mais intensamente.

Como consequência, a equipe fica integrada e igualmente inteligente, além de ganhar coesão. Com isso, há efeitos secundários como a manutenção de um bom clima organizacional e maior motivação.

Ajuda a tomada de decisões técnicas e de gestão

A tecnologia tem um papel muito importante de oferecer informações como subsídios para a tomada de decisão. O grande diferencial é que essas decisões podem ser tanto de caráter técnico quanto em relação à gestão.

Por meio do uso de um sistema médico, é mais fácil acompanhar indicadores epidemiológicos, facilitando o diagnóstico em determinadas situações. Também há maior facilidade na hora de montar e acompanhar o histórico de cada paciente.

Considerando diagnósticos, medicamentos e operações anteriores, o médico consegue determinar o tratamento mais indicado para cada um.

Quanto à gestão, há benefícios em questões como a distribuição de recursos e o acompanhamento de desempenho. Tendo uma boa quantidade de dados em mãos, é mais simples encontrar quais setores da clínica ou hospital necessitam de otimização ou de maior atenção.

No geral, as chances de erros e retrabalhos diminuem, o que contribui para o aumento da eficiência de ação médica e da gestão.

Favorece o atendimento dos pacientes

Os pacientes também são grandes beneficiários da inteligência clínica, especialmente em relação ao atendimento. Em primeiro lugar, a aplicação da tecnologia oferece um aumento de conveniência e integração, tornando mais fácil a vida de quem procura um médico.

O agendamento online de consultas é um exemplo nesse sentido, de modo que o paciente possa fazer a marcação no momento em que for mais conveniente e necessário para ele.

Há, ainda, uma questão ligada à atenção médica. Como dito, o uso desses recursos favorece a tomada de decisão, então os pacientes ficam e se sentem mais seguros ao serem atendidos, sabendo que recebem a melhor recomendação disponível.

Além disso, a personalização do atendimento e o acompanhamento contínuo — graças ao prontuário eletrônico — dão uma sensação de atuação mais humanizada. Com isso, os pacientes tendem a ter a satisfação elevada, contribuindo para seu retorno.

Reduz a matriz de custos

Dentro de um ambiente médico, o gerenciamento de recursos financeiros é importante para que nenhuma área fique deficiente ou comprometa os resultados obtidos pelos clientes. Com o uso da inteligência clínica, as despesas são diminuídas de maneira estratégica graças à união de todas essas vantagens.

Em primeiro lugar, o ganho de produtividade significa que a mesma equipe consegue realizar mais tarefas, sem ter que lidar com o retrabalho. Com isso, não é preciso expandir a equipe sem que haja real necessidade, auxiliando os custos.

O processo seletivo e de contratação também é facilitado e há uma redução no turnover ou taxa de rotatividade. Assim, é necessário gastar menos para atrair e manter profissionais amplamente capacitados.

A maior efetividade quanto à tomada de decisão evita erros que podem custar caro, como os processos por falha médica. Da mesma forma, o ganho de qualidade no atendimento contribui para a boa reputação do local, de modo que os pacientes sejam atraídos com mais facilidade. A exigência de custos de investimento fica menor nesse sentido.

Com isso, esses fatores colaboram para enxugar o quanto a clínica precisa pagar para funcionar e crescer. Com um bom suporte e boa disponibilidade de recursos tecnológicos, a tendência é justamente o crescimento aliado a essa estrutura mais enxuta.

A aplicação de inteligência clínica garante benefícios para a gestão, para os profissionais e, principalmente, para os pacientes. Tudo se torna mais integrado, efetivo e produtivo, de modo que essa possibilidade deva ser cada vez mais considerada.

Para aproveitar ainda mais benefícios de atendimento e otimização, confira boas dicas para inovar na gestão hospital de maneira responsável.