A transformação digital mudou a forma como as empresas lidam com a tecnologia da informação, independentemente da área de atuação. Para as corporações que querem se destacar em seus mercados, não há mais como fugir dessa tendência e nesse cenário, o CIO — Chief Information Officer — passa a assumir um novo papel.

Se há um tempo atrás esse profissional ficava restrito ao gerenciamento de todas e infraestrutura TI, hoje o CIO é o grande responsável por “dar as cartas”, direcionando os rumos da empresa na jornada para a transformação digital.

Ele é quem fica responsável por todas as atribuições, para que a empresa passe pelo processo de transição e implementação das novas soluções.

Para te ajudar a entender melhor qual é esse novo papel do CIO é que fizemos este post. Nele você entenderá de uma vez por todas porque esse profissional é tão importante nesse novo momento tecnológico. Confira!

Quem é o CIO?

A função de CIO é herdeira do cargo antes denominado diretor de TI, que era o profissional que focava exclusivamente no planejamento estratégico do setor de tecnologia da informação das empresas.

A mudança de nomenclatura não foi por acaso, com a evolução tecnológica, e com o espaço que a tecnologia da informação ganhou dentro das corporações, não apenas como uma engrenagem, mas como alavanca para o sucesso dos negócios, foi necessário um reposicionamento das funções do profissional responsável por esse setor.

Com o crescimento da computação em nuvem, aliado a mobilidade, boa parte das empresas estão operando com suas infraestruturas virtualizadas, sendo que muitas delas já têm boa parte de seu core business vinculados ao TI, como os bancos, por exemplo. Alguém consegue imaginar um banco conseguindo manter a competitividade no mercado sem um bom aplicativo de internet banking?

Produtoras de TV, portais de notícias, transportadoras, gigantes do varejo, entre outras empresas, não conseguem mais competir no mercado atual sem ter uma infraestrutura sólida interna e uma interface digital. Por isso o perfil do CIO precisa evoluir, acompanhando esse rápido crescimento.

Quais são as principais características que um CIO deve ter?

Além de uma formação sólida na área de tecnologia, o CIO deve dominar outras capacidades, para conseguir exercer com eficiência a sua função. Como por exemplo:

  • Boa capacidade de comunicação — para comunicar de forma clara e objetiva quais são as estratégias, os processos e o resultado esperado, de acordo com o planejamento.

  • Liderança — liderar é a capacidade de saber delegar as atividades estratégicas, gerir pessoas, manter um bom relacionamento e a motivação das equipes, para o alcance das metas.

  • Conhecimento sobre core business — aí está o diferencial do CIO em relação aos antigos diretores de TI. Ele precisa conhecer o negócio, ir além da infraestrutura de TI, identificando como ela se alinha ao núcleo do negócio.

  • Capacidade de inovar — tecnologia e inovação são duas palavras que andam juntas e portanto, a capacidade de identificar oportunidades nas novas ferramentas e tecnologias, como Big Data, Inteligência Artificial, Internet das Coisas, entre outras.

O foco do CIO deve ser a jornada da transformação digital?

O novo papel do CIO é compreender a jornada da transformação digital da empresa, ele necessita internalizar todas as estratégias e metas da corporação. Com isso em mãos, ele poderá fazer uma avaliação de mercado e verificar como está a infraestrutura atual, o que necessita ser agregado e quais inovações podem ser introduzidas, para que a empresa ganhe um diferencial de mercado.

Outro fator muito importante desse novo papel é a integração com os demais setores da empresa, não apenas com a área de TI. Isso garantirá uma sinergia, para que as demandas sejam cumpridas. Por isso frisamos tanto a comunicação durante este post.

O CIO será o encarregado de manter toda a empresa informada sobre a importância da implementação das novas tecnologias, fazendo relação direta delas com o core business, além de ter que trabalhar por uma mudança de mindset em todos.

Quais são as principais atribuições de um CIO?

Você já sabe o que é CIO e como ele contribui para a transformação digital, agora vamos ver na prática, quais são as atribuições nesse novo papel do cio. Confira.

Representar o TI na direção-geral

É o CIO que faz a ponte entre a direção da empresa e a equipe de TI, transmitindo as estratégias da empresa e os resultados esperados. Como vimos acima, a capacidade de comunicação é primordial para que os objetivos sejam plenamente alcançados.

E o CIO deve saber se comunicar com os acionistas, proprietários, diretores, e com os colaboradores que cuidam da infraestrutura de TI, com a mesma eficiência.

Administrar os recursos de TI

Outra atribuição do CIO é administração dos recursos da área de TI — ferramentas, infraestrutura, pessoal, dados, etc. É ele que define os prazos, planejamento estratégico e faz todo o controle, garantindo mais eficiência e qualidade com o orçamento disponível.

Tirar o máximo da infraestrutura atual

Para justificar um pedido de aumento de orçamento, o CIO deverá tirar o máximo da infraestrutura de TI, entregando um ROI positivo e contribuindo com o aumento da receita da empresa. Isso garantirá uma maior disponibilidade da infraestrutura, contribuindo para o aumento da produtividade da empresa.

Supervisionar os processos e produtos de TI

Toda modificação, aquisição, exclusão e definição de orçamento relacionado ao TI deverá ser avaliada pelo CIO. Isso inclui, hardwares e softwares, manutenções, desenvolvimento de novos sistemas, redes, processamento e armazenamento de dados.

Esse controle é necessário para que as rotinas sejam padronizadas, como vimos no primeiro tópico, o CIO é o responsável por integrar as áreas, por isso, ele deve ser o pilar de toda a aquisição e modificação da infraestrutura.

Não tem como mais as empresas adiarem a implementação da transformação digital em seus processos.

Como o TI nem sempre é o responsável pelo core business da empresa, ou seja, ele é uma da engrenagem e não o gerador de receitas,é papel do CIO expor aos seus superiores a necessidade de investimentos estratégicos, mostrando com dados e exemplos.

As empresas que não se adequarem certamente perderão espaço.

Gostou do conteúdo? Então continue com a gente e confira o nosso post sobre terceirização do TI no setor público e entenda como a transformação digital ganhará todos os setores.